A história de três décadas de sucesso da CP Imóveis foi construída, dia após dia, por profissionais que por aqui passaram e deixaram a marca do seu trabalho, dedicação e comprometimento com a nossa causa. Consolidada como uma imobiliária que baliza sua trajetória em pilares como confiabilidade e atendimento plenamente alinhado às necessidades dos clientes, a CP passou recentemente por um processo de transição em sua gestão da filial Litoral, sediada em Xangri-lá: o então head da equipe, Alessandro Andrades, alçou novos voos e deu lugar a Eduardo Pacheco, que desde maio passou a liderar o time da empresa na unidade litorânea. Casado com Debora Zemor e sem filhos, o colorado Eduardo Pacheco bateu um papo com o Blog CP Imóveis e defendeu a continuidade do trabalho desenvolvido sob os valores já consolidados pela empresa a partir de uma gestão que proporcione a troca de aprendizado entre todos os membros da equipe.

Blog CP: Quem é Eduardo Pacheco?

Possuo ensino superior completo com formação em Educação Física e pós-graduação em Treinamento. Sou casado com a Debora, sem filhos, colorado e apaixonado por animais. Sempre que posso, contribuo com doações, castrações e ajuda a gatos e cães de rua.

Blog CP: Como ingressou no ramo imobiliário?

Entrei no ramo em 2012, através de um aluno de personal trainning que se tornou meu amigo e me convidou para trabalhar com ele na Construtora Casa da Praia, muito consolidada e reconhecidamente uma referência aqui no Litoral. O nome dele é Dilceu Costa, que é como um guru pessoal e profissionalmente para mim.

Em dezembro de 2014, virei corretor no plantão de vendas do Condomínio Riviera, em Xangri-lá, trabalhando com meu amigo Paulo Godoy. Em 15 de setembro de 2015 ingressei na CP Imóveis a convite do Alessandro Andrades e do Igor Alves, com quem já tinha relação. De lá cá já se vão três anos e 10 meses de trabalho, aprendizado e alinhamento ao propósito e valores da CP Imóveis.

Blog CP: O que é indispensável para um profissional do ramo imobiliário?

O profissional de hoje precisa estar atualizado, possuir o máximo de informações que abastecem os ramos imobiliário e da construção civil. É indispensável ser um conhecedor completo da região em que atua, e o mais importante: fazer um networking, relacionamentos e contatos. Para trabalhar neste segmento é preciso ir além do trivial, entregar mais do que o cliente espera. É um ramo muito dinâmico e que requer paixão e motivação constantes.

Blog CP: Como surgiu o convite para liderar a CP Litoral?

Confesso que me pegou desprevenido, não esperava. Pensei bastante a respeito e resolvi topar porque quero me desafiar, trabalhar em algo novo. Quero dar sequência nesta nova caminhada, dar continuidade neste trabalho que a CP vem conduzindo desde o início com muita transparência e responsabilidade.

Acredito na metodologia de Paulo Freire para conduzir com eficiência a equipe, em que ele diz que se ensina aprendendo e se aprende ensinando.

Blog CP: Qual a sua percepção sobre o mercado atualmente?

Percebemos que o mercado em geral está dando sinais de crescimento. Aqui no Litoral ele é diferente, começando pelos corretores. O profissional do nosso ramo que trabalha na praia viaja muito pra visitar cliente, negociar, fechar negócio… São muitos quilômetros por semana. O Litoral é um criadouro de novos negócios e de oportunidades, porque nosso cliente é praticamente de todas as regiões do Estado, e isso proporciona uma diversificação muito grande. Quando um setor está em baixa, outro automaticamente está em alta, já que trabalhamos com clientes dos mais diferentes segmentos.

Blog CP: Há alguma história marcante na sua carreira que tu possas compartilhar com nossos leitores?

Na venda sempre há surpresas, o corretor vai do céu ao inferno em frações de minutos. Para nós, que trabalhamos no Litoral, é comum ganharmos e perdermos negócios na Freeway, clientes com contrato batido mudam a venda no último instante. Então, há muitas histórias, mas uma em especial me marcou muito: tínhamos um cliente que havia gostado de uma casa em Xangri-lá, mas estava dividido entre o nosso produto e um imóvel de outra empresa.

Eu percebi que a casa que estávamos oferecendo estava um pouco atirada, suja e descuidada, mas ainda assim o cliente gostou e estava com esta dúvida. Então decidi contratar faxineira, jardineiro e piscineiro pra deixar tudo incrível para receber o cliente novamente, já que ele visitaria pela segunda vez os dois imóveis para decidir com qual ficaria. Tirei do meu bolso este investimento pra deixar a casa perfeita sem falar com ninguém, e acabamos fechando o negócio. Foi uma decisão que tive que tomar no dia, pra fazer um diferencial, e fui recompensado. Isto me marcou muito e sempre conto para os colegas da equipe.

Blog CP: Algum recado final?

Gostaria de convidar os leitores a conhecerem a nossa filial do Litoral sem compromisso, venham tomar um café e bater um papo sobre os produtos que disponibilizamos para investimento, moradia ou trabalho na região litorânea. Também estamos totalmente à disposição dos clientes que queiram entender melhor o mercado da região sem sair do conforto de sua cidade. Se necessário, vamos até o cliente com todo o prazer fazer uma conversação inicial para entendermos as suas necessidades. Contem com a CP Imóveis e com nossa equipe para dar seguimento ao trabalho absolutamente consolidado e confiável que sempre marcou a nossa trajetória.