Os censos do IBGE não mentem: cada vez mais pessoas estão optando por residir em cidades litorâneas do Estado. Não por acaso, sete dos dez municípios gaúchos que mais crescem estão posicionados na região das praias. Esta preferência crescente dos gaúchos pela qualidade de vida proporcionada pelo Litoral Norte vem, nas entrelinhas, acompanhada por uma série de fatores, como investimentos públicos em infraestrutura, crescimento do mercado local – quanto mais moradores, mais demanda por comércio, serviços e lazer – e a busca por segurança, cada vez mais escassa na Capital e em grandes centros do Interior.

A chegada da primavera, que se inicia nos próximos dias, marca o início do melhor período para a realização de investimentos no setor imobiliário da região praiana. Para quem busca um investimento seguro, a aquisição às vésperas do período mais quente do ano é também a garantia de rentabilizar, de forma imediata, seu patrimônio com aluguéis nos meses que se avizinham – incluindo as festas de Natal e Ano-Novo. Sem a movimentação turística de dezembro, janeiro e fevereiro (quando o número de pessoas circulando na região durante o verão cresce até 500%), a escolha do melhor investimento pode ser efetuada com a profundidade e a tranquilidade necessárias. De acordo com o gestor comercial da CP Imóveis Litoral, Eduardo Pacheco, a segurança do investimento e a proximidade da Grande Porto Alegre garantem uma liquidez inigualável aos produtos imobiliários da região litorânea. “Trata-se de um polo em franca expansão mesmo nos períodos de instabilidade econômica e que, além de ser opção para um estilo de vida mais saudável e tranquilo, hoje possui toda a estrutura dos grandes centros urbanos, aliando segurança, bem-estar e qualidade de vida. Estrategicamente, adquirir um imóvel no Litoral também é um investimento extremamente seguro e rentável”, conclui o Pacheco.

Listamos cinco motivos para comprovar que investir no segmento imobiliário na região litorânea do RS é uma opção segura e assertiva:

  1. Liquidez: Nenhuma região do Estado cresce mais que o Litoral. A balneabilidade das praias e as belezas naturais também são a certeza de que os imóveis da região litorânea só tendem a se valorizar cada vez mais – e esta é uma previsão óbvia e praticamente garantida por qualquer analista de mercado. Investir na região é a certeza de, se necessário, revender com facilidade o imóvel adquirido – muito provavelmente a um preço melhor.

2. Rentabilidade: Além da comodidade de viver bem, os imóveis no Litoral oferecem opções de rentabilidade aos proprietários, configurando-se como um excelente investimento. Quem não quiser usufruir do imóvel com a família, por exemplo, pode optar por alugá-lo por períodos ou por temporadas. Desta forma, além de manter seu patrimônio em uso, o proprietário pode reaver imediatamente parte do investimento aplicado e até financiar as despesas de manutenção da casa, quando for o caso.

3. Qualidade de vida: É cientificamente comprovado que o ar de cidades próximas ao mar é diferenciado, obra das correntes de vento oriundas do oceano – normalmente protegidas por planos diretores rígidos que conservam as características destes locais. Longe de grandes indústrias e centros urbanos, a geografia e natureza únicas de balneários como Torres, Capão da Canoa, Xangri-lá e Atlântida garantem uma qualidade de vida muito acima da média para moradores e veranistas destas localidades.

4. Segurança: A garantia de um investimento sólido e rentável não é o único componente de segurança que agrega valor aos imóveis do Litoral Norte do Estado. A segurança pessoal dos moradores da região e o baixo índice de criminalidade também são diferenciais cada vez mais observados pelas famílias que escolhem a praia como morada. Nos condomínios, vigiados por circuitos eletrônicos e monitorados com portaria 24 horas, este componente é ainda mais latente: as cidades das praias são, sem sombra de dúvidas, locais mais seguros do que a maioria das outras regiões do Estado.

5. Desenvolvimento: Os polos educacionais de Tramandaí, Capão da Canoa, Osório e Torres trouxeram desenvolvimento em nível superior e oportunizaram crescimento profissional aos moradores da região. Além disso, impulsionada pelo crescimento demográfico dos municípios, a economia da praia passou a funcionar 365 dias por ano com excelentes opções em comércio, lazer e serviços – inclusive com empresas referência em segmentos como restaurantes, farmácias e supermercados.

Estes predicados fazem da região litorânea um centro de desenvolvimento nas mais diferentes áreas da economia, sobretudo no setor imobiliário. Acompanhar esta ascensão é uma sorte para quem já habita nas cidades praianas, e uma obrigação para quem quer investir com segurança e qualidade no mercado de imóveis. Consulte a CP Imóveis Xangri-lá e conheça nossas opções!

#VempraCP